A arte de estabelecer limites em uma relação


Afirmar e estabelecer limites em um relacionamento é um dos principais fatores para fazer com que as relações cumpram a sua função de trazer conexão, felicidade e amor, em vez de se tornar uma convivência tóxica.


No entanto, muitas pessoas ficam confusas ao tentar estabelecer limites saudáveis, principalmente quando isso envolve aquelas pessoas que são mais próximas e importantes em suas vidas.


E porque enfrentamos essa dificuldade?


Primeiro, o medo da reação negativa dos outros torna a questão um pouco assustadora, e tomar coragem de fazer isso é apenas o primeiro obstáculo.


Além disso, é complicado saber como fazer isso de uma maneira que seja positiva e que crie mais amor entre as pessoas.


Por isso, digo que estabelecer limites é uma arte e, para iniciar essa construção, é importante criar um clima de confiança.


Para fazer isso, você pode começar a fala ressaltando a importância da relação, como por exemplo: "A nossa amizade é muito importante para mim e para que ela continue forte assim nos próximos anos, eu preciso te dizer que...”, “É muito difícil para mim te falar isso, mas...” ou “Eu te amo e quero muito que tudo dê certo para você, embora...”.


Outra forma de abordar é procurando criar empatia, para minimizar o impacto de como a pessoa poderá se sentir: "Eu sei que você provavelmente vai ficar chateado, e eu sinto muito, mas...” ou “Eu posso entender se você não gostar da minha atitude, mas…”.


Caso a reação seja negativa, procure não se defender quando a pessoa se sentir magoada.


Nem sempre, amigos e familiares atendem aos nossos desejos e necessidades. Crie empatia e busque entender a decepção ou a dor do outro, mas, acima de tudo, faça o que é certo para você.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo