• Adailton Soares

Os desafios de mulheres empreendedoras


O empreendedorismo feminino é um assunto que está cada vez mais em evidência. Que bom que isso está acontecendo. Equalizar a força e a capacidade da mulher com a do homem não deveria nem ser mais uma pauta, contudo, devido ao patriarcado, precisamos debater e falar sobre o assunto constantemente.

Importante ressaltar que empreender deveria ser um desafio independente do sexo de quem o faz. Mas, infelizmente, não é assim com as mulheres. O desafio é maior, por essa razão, as mulheres empreendedoras são diferenciadas.

Uma pesquisa feita pela GEM mostrou que 24 milhões, dos 52 milhões que empreenderam em 2018, são mulheres. Isso mostra o crescimento e a coragem delas em acreditar em seus potenciais.

Neste texto, vamos falar um pouco sobre os desafios das mulheres empreendedoras e mostrar alguns exemplos de mulheres de sucesso. Continue conosco e boa leitura!


Vida pessoal

Um dos desafios mais comuns para a mulher empreendedora é conciliar a vida pessoal com o negócio que deseja começar. Principalmente quando envolve filhos e/ou casamento, grande parte das mulheres abre mão do negócio para cuidar da família e de si mesma.


Algumas carregam o peso da culpa, outras o medo de não dar conta. Tudo isso por conta do que foi ensinado durante anos por essa sociedade preconceituosa. Assim, entramos nesse outro desafio: o preconceito.


Preconceito

Ainda é muito grande o preconceito no meio empresarial com as mulheres empreendedoras. Por conta disso, elas têm que ter um esforço ainda maior que ateste sua capacidade empreendedora e que o seu produto e/ou serviço seja de qualidade.


É preciso acabar com o sexismo, em que o homem é visto como mais capaz e acabar com esse preconceito. Para isso, é preciso que haja mais incentivo às mulheres. Entramos aqui em outro desafio: a falta de incentivo.


Falta de incentivo

Grande parte da falta de incentivo começa na própria família e perpetua no meio empresarial. Isso gera insegurança, medos e dúvidas que fazem com que a mulher tenha que buscar isso dentro de si.


Precisamos mudar nosso mindset sobre a respeito do assunto, incentivar e apoiar as mulheres que querem empreender. Incentivar é entender que mesmo com jornada múltipla é possível empreender. E isso é mais um dos desafios: a jornada múltipla.


Jornada múltipla

Existe uma pressão cultural para que as mulheres sejam responsáveis pelo lar e pela família. A mesma pressão não é dada aos homens, o que facilita a vida para eles. Essa cultura precisa ser e está sendo desconstruída.


Mesmo as que estão ainda dando conta de várias funções, conseguem empreender com maestria. Aqui precisamos ter empatia e ver que lidar com o desafio da jornada múltipla só faz a mulher ser mais capaz ainda.

Tendo em vista todos esses desafios, existem exemplos de mulheres que enfrentaram inúmeros obstáculos e obtiveram sucesso no ramo do empreendedorismo. Veja algumas!


Mulheres empreendedoras de sucesso


Luiza Helena Trajano

Luiza é um exemplo para as mulheres. Ele é a empresária responsável pela rede de lojas Magazine Luiza. Nasceu em Franca, interior de São Paulo. Quando assumiu a empresa, ela conseguiu se colocar no maior patamar do país enfrentando diretamente outras grandes redes. Um exemplo a ser seguido.


Zica Assis

Heloísa Helena Assis, conhecida como Zica, foi reconhecida como uma das 10 mulheres mais poderosas do país, segundo a Forbes. Ela começou como babá e empregada doméstica. Inspirada nos cabelos cacheados, crespos e ondulados começou a testar produtos específicos e hoje é dona da Beleza Natural, uma das maiores empresas do ramo.


Ana Fontes

A Ana trabalhou 17 anos como executiva e, insatisfeita com a função, pediu demissão para começar um negócio próprio. Hoje ela comanda a Rede Mulher Empreendedora e ajuda milhões de mulheres a empreender. Além de se tornar referência, estimula outras mulheres a terem a mesma postura. Isso é sororidade de verdade!

Esses 3 exemplos nos mostram que é possível estar no topo sendo mulher. Hoje, o papel da mulher na sociedade vai muito além da cuidadora do lar e esposa. Ela pode ser o que quiser. Estamos todos no mesmo patamar, temos direito às mesmas coisas, podemos conquistar tudo que queremos.

Os homens precisam respeitar, o mercado precisa aceitar e as diferenças precisam acabar. Desejo profundamente que todos os desafios que trouxe hoje nesse texto, não precisem mais ser questões de debates.


O mundo precisa de mulheres no poder. O feminismo é a prova disso, a luta não é por mais ou por menos, mas por igualdade! Direitos iguais, salários iguais, oportunidades iguais. E que assim seja!




CONTATO

adailtonsoares@gmail.com

(31) 98448-0525

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black YouTube Icon